O Encontrador de Poesias

HUGO BARRETO
Foto: Hugo Barreto

 

FOTOGRAFIA

Ver fotografia

é como pôr os dedos no tempo,

sem saber ao certo

Onde irão tocar.

(Recife, 31 de julho de 2015). 

Valentina Seregni
Foto: Valentina Seregni

CAFÉ

O café se dobrou

por sonhos e palavras

escurecidos pelo tempo.

Como a terra após a chuva

regada pelas mãos suaves

de ventos úmidos.

Gostaria de te beber calmamente,

Esperança de outrora,

com a intimidade d´um canto

Bravo ao redor de um rio silencioso.

Mas fico estonteado,

com o tanto em que teu negro se cobre

de alusões e de prantos

e que de repente se abre

num véu de noiva

segurado pelas nuvens.

Não sei se irei te passar.

Não sei.

Entretanto, posso dizer

que, com teu sorriso,

demos as mãos

na hora da borra do café.

(Recife, 27 de julho de 2015).

UM LUGAR NO MUNDO

Foto: Gabriella Di Massa
Foto: Gabriella Di Massa

Um lugar no Mundo,

aonde possamos ir

sem nos ferir.

Um círculo

onde estejamos

dentro.

Mas, em vez de ir muito longe,

para não nos frustrarmos

sem nos entendermos

vamos ficar hoje.

Aqui.

Sem regras, sem sonhos,

onde a água molhe nossas sombras

onde possamos pendurar nossos cordéis

sem ficarem muito pesados.

Esqueçamos ser fiéis:

ao mundo, o amor;

a nós, o clamor

de quem procura aonde ir.

(Recife, 14 de junho de 2015).  

UM LUGAR NO MUNDO

Foto: entrenosdoisblog
Foto: entrenosdoisblog

Em nossas conversas,

procuro um lugar.

Onde nossas mãos possam tocar

sem se ferir

sem dizer adeus

Mas, nesta manhã chuvosa,

as águas insistem em molhar

os pequenos cordéis

pendurados como sonhos

que escapam ao amanhecer.

Para onde vai nossa história?

Descanso meu rosto no teu,

ao avesso.

Face que só o amor pode abrir.

(Recife, 13 de junho de 2015) 

Para acompanhar nossas publicações, curta a página do Pandora Livre no Facebook.

alfredo-falcao

Alfredo Falcão é Procurador da República e encontrador da poesia.

Artecétera

, ,

Deixe um Comentário

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva dos/as leitores/as. Serão deletadas ofensas pessoais, preconceituosas ou que incitem o ódio e a violência.

Comente usando o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *